Avatar

Do alto do salto

Há muito tempo que os sapatos fazem parte do sonhos de consumo de mulheres no mundo todo.
A ideia dos sapatos como objetos de desejo remota à antiguidade clássica, à Grécia, onde atores de teatro usavam sapatos de salto para tornar evidente a importância de seus personagens nas tramas.
Ferragamo
Enganam-se aqueles que julgam o sapato como um elemento ligado apenas à moda, pura e simplesmente.
O sapato é um objeto arraigado de substância psicológica. São elementos capazes de transmitir mensagens com diferentes conotações, que vão desde um mero ativismo ambiental  a um exacerbante apelo sexual.
Diferentemente da roupa, que ainda é um código social bastante forte e inflexível, o sapato pode ser o toque subversivo do visual. Afinal, um simples sapatinho com salto agulha pode transformar uma freira em uma possível pecadora.
O sapato também reflete um outro aspecto do mundo feminino: a luta das mulheres por mais liberdade e mobilidade em seus papéis sociais.
Como a maioria das mulheres já sabe, amarrar um par de Converse transmite uma mensagem totalmente diferente do que, entrar em um lugar arrastando um par das abomináveis Crocs ou se caminhar na calçada com um Louboutin.
Hoje cabe a cada uma escolher qual a mensagem que seus pés transmitem.
Se perguntarmos a uma mulher porque ela ama sapatos (eu sou uma dessas!), a resposta básica sempre será: Porque eles me fazem me sentir bem.
Essa é a mais pura verdade. Afinal, até mesmo as mais cheinhas são dominadas pela paixonite por sapatos.
A Couture ainda não esteriotipou  a ferro e fogo que tipo de pé pode calçar o que, como faz com as roupas (Só para matar a curiosidade, Paris Hilton calça 43).
Jimmy Choo
Atualmente, quando uma mulher escolhe seus sapatos, está de maneira consciente, demonstrando todas as suas opções e escolhas, sejam elas sociais, familiares ou pessoais.
Transformado  em ícone do desejo consumista pelas mais variadas marcas - Jimmy Choo, Manolo Blahnik, Louboutin e Ferragamo - os sapatos são capazes de despertar nas mulheres a compulsão por comprar pares e mais pares, não importando preço, cor ou tamanho do sacrifício a se fazer para adquiri-los.
Os saltos são um caso realmente à parte quando o assunto é sapato.
É a altura do salto que dá a mulher aquele ritmo sexy quando ela anda, aquele reboladinho lento e cheio de cadência. Ainda tem mais: eles projetam os seios para frente, alongam as pernas e destacam os glúteos.  É isso que os homens mais amam... mesmo que ainda não tenham se dado conta conscientemente.
Louboutin
A influência de artistas na moda dos pés sempre marcou época, desde os saltos de Marilyn Monroe, Judy Garland e seus sapatilhos vermelhos, os calçados de salto cubano de John Travolta em Os embalos de sábado à noite e a revolução dos tênis feita por Jane Fonda e a Ginástica Aeróbica nos anos 1980. Audrey Hepburn, Nancy Sinatra, Gwen Stefani, Sarah Jessica Parker, a lista vai longe...
Ninguém se beneficiou mais da ascensão da cultura das celebridades do que Christian Louboutin. Seus sapatos surgiram como os calçados mais cobiçados, com plataformas altíssimas e a sola vermelha, que é a marca registrada da grife.
Diferentemente das décadas de 1940 e 1950, quando dois estilo de sapatos eram suficientes para serem considerados tendências, hoje em dia vemos um incrível número de modelos. Isto explica-se pelo desejo das mulheres de sentirem-se poderosas, sofisticadas, românticas, modernas, destemidas, ousadas e fundamentadas. É preciso segmentar para agradar a todas.
Bom para as meninas que amam sapatos!
Eu amo e vocês?
Manolo Blahnik

"Não importa se você caiu do salto, desde que ele seja o mais caro e deslumbrante da festa."
Gossip Girl

4 comentários:

marcelleba disse...

Olá Bárbara, amei o texto pois também sou vidrada em sapatos, sobretudo naqueles de salto alto.
Beijos, eu.

Vera Aída Bastos Barreto disse...

Amo sapatos também. Eles não deixam de ser uma espécie de "alma" da roupa que estamos vestindo. Ele te bota nas "alturas" ou derruba totalmente o seu look.

Márcia Ventriglia disse...

sapato alto e um jeans Bonito é tudo !

Maria Amélia Folly disse...

Verdade!

Related Posts with Thumbnails
 
©2007 '' Por Elke di Barros