Avatar

Au revoir 2012

Enfim mais um ano se vai...

Espera!
Vamos deixar essa máxima de lado.
Cadê o saudosismo de 2012?
Sim, saudades!
É afinal, como diz o ditado: Não há bem que seja eterno, nem mal que nunca se acabe.
e 2012 não poderia ser diferente. Somos humanos e por natureza dualista.
Então aí vai...
2012 foi um ano diferente: Já começou causando estardalhaço, pois segundo os Maias ou quem quer que seja que tenha interpretado suas profecias (não me pergunte nem como, nem porquê) o mundo acabaria em 21/12/2012.
Bom, se você está lendo isso agora é prova de que nada acabou.
Não bastasse um começo tão "auspicioso", ainda houve os entraves do percurso.
Ihh! Poderia ficar horas falando sobre a crise econômica, a confusão na política nacional e mundial, o mensalão, Operação Porto Seguro, Rio +20 (que, diga-se de passagem, poderia ser chamada de Rio -20), guerras e tragédias naturais.
Mas não sou tão doida assim... Tudo isso já foi comentado no seu devido tempo.
Não, Não.
Falar em 2012 deve ser peculiar a cada um.
É verdade!
Um ano que pode ter sido maravilhoso para uns, também pode ter sido catastrófico para outros.
Então, no melhor estilo "Barbara de ser", vou batizar 2012 com uma única palavra: Reencontro!
Nessa louca Brain Storm chamada vida, esta é a palavra.
Foram momentos mágicos.

2012 me trouxe parte da minha turma de Afonso de Carvalho. Juro!
Encontros memoráveis com Manu, Bea, Popó, Paulinho, Ettimara... ah e Marília (tá, esse foi na Loja americana mas tá valendo!)
Passamos anos de conversas perdidas em noites hilárias, com direito a pilequinho e fotos (antigas claro!).
São momentos como estes que nos trazem à mente reflexões há muito guardadas, sobre a como a vida nos leva a trilhar caminhos distintos.
Nem acreditei quando encontrei Raquel e seu amado André na L. da Travessa!! Bastaram 30 minutos de papo para atualizar anos e anos!!! Maravilhoso reencontro. Ahh, quanto a sua pergunta Raquel, não sei o que tem na água de Ilhéus... ahahahaha
Ah, também recebi visitas inestimáveis: Carol, Hérica, Bonnie e Marianna.
Hum... e ainda teve duas cerejas no topo do bolo: Verena morando no Brasil e Yasmin em longas férias por aqui!
Bom, depois de tudo você deve estar se perguntando: 2012 foram só flores?
Não, afinal todo mundo tem seus maus momentos.
2012 também levou pessoas amadas. A mais importante foi minha avó Glória. Um ser humano ímpar em sua simplicidade e sabedoria.
Mas se o ano trouxe tristezas, também veio com novos projetos, novos planos, novos sonhos. Espalhou ao longo de seus meses esperança, embalada em ares de mudança.
2012 também me levou 6 quilos! Ah que maravilha! Disso eu nem sonhos reclamar! Aliás, isto eu desejo a todos que pensam em afinar a silhueta.

Oh... 2012 também colocou um ponto final em Gossip Girl. Ah, eu tinha que falar sobre isso. Estou anestesiada com o episódio final até agora.
OMFG.
Para vocês que não viram, vejam! Não vou contar...
Fico a me perguntar o que será da minha TV sem Blair e Chuck.
Paciência!
E por falar nela, devo mencionar também que a exercitei muito em 2012. Especialmente quando lutava ferozmente com meus desejos que esganar aquelas pessoas chatíssimas.
Por que é mesmo que a gente ainda se dá com gente chata?
Um verdadeiro mistério.
Escrevo estas linhas no rastrinho final de 2012. Isso dia 31 de dezembro.
Depois de tanta coisa, me resta desejar a todos vocês amados amigos e amigas um mágico 2013.
Que o ano que se aproxima traga muitos sonhos realizados, viagens fantásticas, um guarda-roupas pra lá de fashion, alegrias, aventuras e muita, muita felicidade.
Amo todos vocês!
Beijos e até 2013.

Related Posts with Thumbnails
 
©2007 '' Por Elke di Barros