Avatar

Onde mora o coração...

Já pensou em ter que comprar um espelho em que ninguém tenha se admirado? Parece loucura mais em 2011 eu tive essa incumbência. Para quem? Bom, uma coisa dessas só pode ser para uma pessoa muito especial... minha avó. Pronto, falei! Agora você deve estar se perguntando por que ela queria um espelho assim... Bom essa parte eu não conto. Deixo em suspense...

Mas falando de fim de ano, 2011 foi um ano excelente (não foi melhor porque ainda não recebi o meu prêmio da Mega da virada ahahahahahhah).
Confesso que escrevo este texto faltando apenas 36 horas para 2012 e isso é meio apavorante.
Pensar que em algumas parcas horas o ano vira!
E com a virada as esperanças e sonhos de milhões de pessoas se renovam! (inclusive as minhas!)
Foi um ano de conquistas. De guerras as quais eu já me imaginava perdedora.
Um ano de aventuras, com direito a viagens repentinas e outras nem tanto.
Um ano de reencontros, em especial com amigas que a distância separou fisicamente, mas o coração manteve unidas (Carol Moura e Rita Badaró beijos especiais a vcs).
Um ano de fartura.
Um ano para entender onde realmente mora nossa riqueza, nosso coração. (Aqui vai a dica: Se vc nunca assistiu ao filme “Onde mora o coração” precisa urgentemente assistir!!!!!!!!!!!!!)
Um ano de gratidão. Sim, pois as dádivas merecem nosso eterno agradecimento. Foi um ano em que estes versos do Salmo 90 foram música em meus ouvidos:
“Não temerás os terrores da noite, nem a seta que voa de dia,
nem peste que se propaga nas trevas, nem mortandade que assola ao meio-dia.
Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita;
mas tu não serás atingido.
Somente com os teus olhos contemplarás e verás o castigo dos ímpios.”

Um ano para refletir e somar horizontes. Sim, pois tenho a mágica benção de amar o mesmo homem a 18 anos.
18 maravilhosos anos.
18 anos de vida e de sonhos.
18 anos em que nos fundimos em um só ser, um só sentimento, uma só alma.
A você Razão dedico todo o meu amor!!!
Então não é apenas hora de olhar 2011 e vê-lo como passado.
É hora de olharmos para o ano que vem chegando. Abrir nossos corações para as venturas que vamos saborear nos próximos 365, ou melhor, 366 dias pois, este é um ano bissexto.
Muita sorte e saúde a todos que caminharam comigo, com minha família e com o Ideias.
Afinal:

"Este ano quero paz no meu coração
Quem quiser ter um amigo
Que me dê a mão
O tempo passa
E com ele caminhamos todos juntos
Sem parar
Nossos passos pelo chão
Vão Ficar
Marcas do que se foi
Sonhos que vamos ter
Como todo dia nasce
Novo em cada amanhecer..." The Fevers

Que nossas estradas continuem mágicas, como se fossem de tijolos amarelos!
Feliz 2012!!!!
Milhões de bjs

Related Posts with Thumbnails
 
©2007 '' Por Elke di Barros