Avatar

Azar o seu...

O cúmulo do azar é ser atropelado pelo carro da funerária.
Será mesmo? 
Humm é isso mesmo, vamos falar de .... 


Ops...não posso falar... 

Desde dos primórdios da humanidade esse fantasma assombra as pessoas: o AZAR
Tem gente que nem sequer fala essa palavra, pois acredita que só a menção já é capaz de trazer coisas ruins. 
É entendido como o oposto da sorte ou associado à má sorte e, assim, o azar se aplica como crença de que situações, pessoas e objetos possam produzir resultados reiteradamente negativos, catastróficos ou desastrosos. 
Situações são qualificadas como azaradas, azar ou "de azar" quando ocorrem de modo contrário à expectativa, ou quando provocam uma surpresa que resulta em um desastre, prejuízo, perda ou catástrofe. 
Pessoas podem ser azaradas ou ter azar. Pessoas azaradas são as que com frequência se envolvem em situações azaradas. Quando o azar ocorre ocasionalmente, diz-se que a pessoa "teve azar". 
E foi justamente pensando em como essa coisinha acontece com a gente que o Ideias de Barbara resolveu pesquisar casos pitorescos de má sorte!! 
Elegemos 5 situações inacreditáveis. Querem ver? 

Quinto lugar 
Vamos começar apresentando a família Cairns Lawrence. 
O casal inglês Jason e Jenny Cairns Lawrence adoram viajar durante as férias. E foi justamente por isso que conseguiram a façanha de serem surpeendidos por 3 ataques terroristas!!! Isso mesmo, três!! 
O casal inglês esteve presente: 
· Nova York 2001 – 11 de setembro ataque às Torres Gêmeas. Os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001, chamados também de atentados de 11 de setembro de 2001, foram uma série de ataques suicidas coordenados pela Al-Qaeda aos Estados Unidos em 11 de setembro de 2001. Na manhã daquele dia, 19 terroristas da Al-Qaeda sequestraram quatro aviões comerciais a jato de passageiros. Os sequestradores intencionalmente bateram dois dos aviões contra as Torres Gêmeas do World Trade Center em Nova Iorque, matando todos a bordo e muitos dos que trabalhavam nos edifícios, passantes e posteriormente, diversos membros do Corpo de Bombeiros e equipes de resgate. 
· Londres 2005 – Durante o ataque terrorista que matou 52 pessoas e feriu mais de 700, no Metrô. Esse triste episódio refere-se a uma série de explosões que atingiram o sistema de transporte público da capital britânica, na manhã de quinta-feira, 7 de julho de 2005, em plena hora do rush. No centro de Londres, aconteceram quatro explosões em menos de uma hora, atingindo três trens do metrô (London Underground) e um ônibus de dois andares da London Buses. 
· Munbai, Índia 2008 – No ataque que matou 173 pessoas e feriu pelo menos 308. Na verdade, foram uma série de ataques coordenados que atingiram regiões nobres de Mumbai, onde ficam dois de seus mais luxuosos hotéis, o Taj Mahal e o Oberoi Trident, o aeroporto internacional e o Café Leopold, frequentado por gente de Bollywood (a gigante indústria cinematográfica indiana). Explosões também foram registradas em outros pontos, como a estação de trem Chhatrapati Shivaji, uma das mais movimentadas da Índia, delegacias e um hospital. 
Azaradinhos, né? 

Quarto Lugar
O nosso quarto lugar fica com o patrulheiro florestal Roy Sullivan.
Ele conseguiu a façanha de ser atingido por um raio nada mais, nada menos, do que 7 vezes.
O patrulheiro do Shenandoah National Park, em Virginia, EUA abusou da quebra do ditado: Um raio não cai duas vezes no mesmo lugar....




Terceiro Lugar
No terceiro lugar colocamos uma história muito triste de azar. A medalha de bronze do azar vai para o japonês Tsutomu Yamaguchi.


Esse cidadão conseguiu estar presente na duas únicas cidades da história atingidas por uma bomba atômica!!! Tsutomu morava em Hiroshima quando a bomba de 6 de Agosto de 1945 devastou a cidade.

Com os inúmeros ferimentos e queimaduras ele resolveu abandonar a cidade na mesma noite tentando esquecer aquele pesadelo

Mr Yamaguchi escolheu então a cidade de Nagasaki e apenas 3 dias depois ele passava pela péssima experiência novamente. 
Triste... 

Segundo Lugar
O segundo lugar dos mais azarados no ranking do Ideias fica com a americana Ann Hodges. 
Mas o que teria feito a Senhorita Hodges para superar a história acima???
Ann é até hoje a única pessoa da história a ser atingida por um meteorito.

Em 30 de Novembro de 1954, Ann Hodges estava na sala de sua casa, tirando um maravilhoso cochilo quando de repente um meteorito de 3,8Kgs, atingiu o telhado de sua casa, atravessou o forro, destruiu o rádio e acertou Ann na cintura. O meteorito se encontra hoje no Museu de História do Alabama!!!

Primeiro Lugar
Foi bem difícil, mas a medalha de ouro do Azar, com certeza é merecida por Henry Ziegland. 

Agora vamos com calma que é uma história até difícil de explicar... 

Vamos lá... 

Henry foi morto por uma bala alojada em uma árvore, 20 anos depois de ter sido atingido pela bala mesmo em um tiroteio.
Muito doido? Aposto que você não entendeu. 
Mas explico: 
Em 1883, Henry terminou um namoro de anos. A namorada; inconsolável, cometeu suicídio. O ex-cunhado de Henry, tentando bancar o herói, atirou em Henry e depois também se matou. Porém o falecido ex-cunhado tinha má pontaria, a bala apenas atingiu Henry de raspão e se alojou em uma árvore atrás dele. 
Vinte anos após ter se sentido o homem mais sortudo do Mundo; Mr Ziegland resolveu apagar aquela péssima memória e derrubar a árvore que ficava no terreno da sua propriedade. Sem habilidade alguma para tal feito, Henry resolveu eliminar os vestígios de seu infortúnio colocando dinamite no pé da árvore. Na explosão, a bala alojada (aquela que o ex-cunhado errou) se desprendeu e atingiu Henry direto na cabeça matando-o instantaneamente.
Agora pergunto: 

 Depois disso vocês se consideram azados ou sortudos por estarem vivos? 

Ahahahahahahhahah 

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails
 
©2007 '' Por Elke di Barros