Avatar

E o mundo tornou-se fêmea !

Você toma pílula anticoncepcional ou utiliza algum método contraceptivo à base de hormônios? Por que pergunto?
Já, já você vai entender.
Agora outra pergunta: já ouviu falar em Conversores de Gênero?
A grande maioria nunca ouviu falar.
Conversores de Gênero são substâncias químicas produzidas pelo homem capazes de alterar e danificar o aparelho sexual, em especial o masculino.
Peraí, não estou falando em algo especialmente criado para quem desejaria mudar de sexo. Estou falando de algo totalmente fora de controle.
Algo que poderá trazer desastrosas conseqüências para a evolução, não só humana, bem como a animal e vegetal.
Uma espécie de feminização dos machos das espécies vertebradas.
Agora onde as pílulas entram nisso?
Os hormônios contidos em métodos contraceptivos são secretados através da urina de seus usuários, entram na água, que é tratada e reaproveitada. Agora pasmem: nenhum método de tratamento ou purificação elimina os hormônios da água.
Logo, podemos concluir que ingerimos doses diárias de hormônios sexuais, sem ao menos termos conhecimento.
E esse novelo ainda é muito mais extenso.
Todos os vertebrados têm receptores hormonais semelhantes. Então, agora encontramos peixes machos que produzem ovos em seus testículos, sapos cururus que se tornaram hermafroditas, crocodilos com pênis menores, tartarugas que originam ninhadas 90% femininas, estorninhos machos que cantam como fêmeas, ursos polares com pênis e vagina.E a lista não para por aí. Orcas, alces, camundongos, baleias belugas, antílopes...
Todos sofrendo ameaça de extinção por nossa causa.
O alarme pode até ter disparado quando percebemos um aumento no número da população feminina, além do aumento nos índices de homossexualismo masculino.
A máxima “Tá faltando homem” já pode ser considerada um eufemismo. A coisa toda é muito séria.
Os mais minimalistas poderiam pensar: “Bom, deixa os animais pra lá. Eu não estou sendo atingido”.
Ledo engano.
Estudos mais aprofundados já mostram que a carga indesejada de hormônios pode ser, e é, transmitida para seres humanos através da nossa cadeia alimentar. Um simples filé de peixe pode ser encarado como uma potencial dose de hormônio sexual.
Então não é de se espantar o fato de que nascem mais meninas do que meninos. Calcula-se que apenas nos EUA e Japão 250 mil crianças que teriam nascido meninos, acabaram por nascer meninas.
A problemática vai muito além do mero aumento da população feminina. Ela perpassa pela emasculação de toda a população masculina existente.
Especulando um pouco, você tem um amigo ou conhecido que de uma hora para outra passou a ter inclinações homossexuais? Isso também vem sendo avaliado como possível influência das substâncias Conversoras de Gênero, pois um grande consumo de hormônios sexuais femininos pode tornar viável a feminização das espécies masculinas. Um verdadeiro pesadelo.
Ongs do mundo inteiro já começam movimentos contra os chamados “Perturbadores Endócrinos” ou "Conversores de Gênero". Ainda são muito poucas as informações disponíveis sobre esse tema e muitas pesquisas ainda encontram-se em andamento.
A evolução dessa desenfreada feminização é muito mais rápida e voraz do que nossa lenta tecnologia biológica.
O que podemos fazer?
Por enquanto muito pouco.
Os tais “Conversores de Gênero” estão nas embalagens de alimentos, cosméticos, talcos para bebê, pesticidas...Isso sem falar nos alimentos propriamente ditos.
A magnânima Comissão Européia admitiu que das mais de 100 mil substâncias químicas a que somos expostos cotidianamente, 99% não são adequadamente reguladas, e, caiam duros agora, várias delas são classificadas como Perturbadores Endócrinos, por sua capacidade de interagir e interferir em hormônios sexuais, entre outros.
Voltando ao nosso papel e ao que pode ser feito.
Eu já vesti a camisa da ong Rede Mundo Melhor e sou uma multiplicadora da Campanha Laços, uma iniciativa que combate à proliferação e o uso dos Conversores de Gênero. Converso com mulheres que usam pílulas anticoncepcionais esclarecendo sobre como o “xixi” delas está colaborando com o extermínio das espécies masculinas.
Se você conhece alguém que toma pílulas incentive-a a utilizar um outro método. Pode parecer pouco. Mas com sua pequena ajuda estaremos reduzindo os índices de estrógenos na natureza. Garantindo a perpetuação da nossa espécie e de várias outras.
Abrace essa ideia.

* Este texto foi publicado na Revista Folha da Praia, Edição 125, de 2009, com autorização da Editora deste blog.

30 comentários:

CarOl disse...

Oii...
sem qrer achei o seu blog, achei
esse assunto
muuuito diferente
"Conversoras de Gênero"
Não sabia nada disso
aouhaouh
tah massa seu blog
bju

Paloma disse...

Meu Deus... qndo será que todos nós e cada um de nós vai começar a utilizar um CONVERSOR DE IDÈIAS E ÁBITOS?
Ao menos eu dei alguma colaboração... tive 5 filho, homens... diminui um pouco essa diferença né?? rsrs
Mas falando sério, vou me informar melhor e procurar participar dessa vida de uma maneira mais construtiva.
Beijos a todos

Camila disse...

OI Barbara!

Estou boquiaberta.
Nunca ouvi falar sobre isso.
Vc como sempre na vanguarda.
bjs

Márcia Maria disse...

Camila me ligou assim que acabou de ler esse texto. Como tava na net fui logo conferir. Estou pasma. Por que nunca divulgam essas coisas? Que loucura.
Parabéns pela iniciativa de colocar a boca no trombone.

Marisa disse...

Vc tava certa nunca tinha ouvido falar nisso.
Terror total.
Estou bestificada!

Pedro Paulo disse...

Marisa já disse tudo...

Carlos disse...

Tem tanta coisa que a gente desconhece nesse mundo... Não vejo motivo nesse tipo de estudo.

Abraço

Antônia Dantas disse...

QUE LOUCURA MESMO!!!

Por que a gente não fica sabendo dessas coisas?
Estou alarmada.

Sandro disse...

As Ideias de Barbara estão cada vez melhores.

Caveira disse...

Ô loco meu. Não quero virar fêmea!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Fiquei bolado com isso.

A DONA DO MUNDO disse...

TECURIOSO, TO ATÉ PESQUISANDO SOBRE O ASSUNTO
OBRIGADA MULHER MENINA, POR SER A PRIMEIRA A ME SEGUIR, TE GUARDO DENTRO DO CORAÇÃO
PASSA "LÁ EM CASA", QUE DEIXEI UM POST DE AGRADECIMENTO PRA VC
BEIJO

M.Aurelio disse...

Lendo e aprendendo, isso é viver.
Muito bom post.

KANAAN disse...

Agradeço o convite, e aqui estou p conhecer teu cantinho!Ja estas linkada la no meu blog e sua visita será sempre muito bem vinda!

Haydée Borges disse...

Ei!

Vim retribuir a visita e levei um susto com seu post. Acho que vou começar a repensar o uso da pílula...

Carol disse...

Oi Bá, obrigada pela visita e volte sempre heim!! Muito interessante essa matéria, não conhecia nada disso!! Grande beijo

Lena disse...

Estou te visitando pela primeira vez, gostei muito , cheio de coisas interessantes p/ ler e aprender.
Abraços,
lena

livia barbareso disse...

oieee visite meu blog...
liviabarbareso.blogspot.com
bjosss

Dani Sylvestre disse...

Oi Bárbara, obrigada pela visita!

Fiquei cho-ca-da!

Beijos

Mila disse...

Que loucura, nunca tinha ouvido falar disso '-'

Adorei o teu blog!

:*

Mila disse...

Que coisa louca, morreria sem conhecer '-'

Adorei o teu blog!

:*

Mari disse...

Olá Bárbara, obrigada pelo elogio.

To assustada e preocupada com isso, dessa eu não sabia, nunca li nada na mídia, acho que só começa a aparecer quando a coisa explode de vez e fica mais difícil reverter os danos.
Fiquei muito preocupada com a feminização masculina
Bjs.

HAZEL disse...

Olá, Bárbara!
Obrigada pela visita! Fico muito feliz por teres gostado do meu blog.
Também adorei conhecer o teu. Muito interessante!

Beijos mágicos!

Isabela Kastrup disse...

Olá, Bárbara, que coisa mais chocante. Não tinha a menos idéia disso!! Pelo visto agora sofreremos ainda mais com a falta de homem. né? Rs. Beijos e parabéns pelo post informativo!!

Nayane disse...

Caramba!!! Fiquei super-hiper-mega FELIZ com o seu comentário, às vezes eu penso em parar de escrever no blog por falta de inspiração, mas pessoas como você me fazem enxergar um outro lado do que escrevo. Muito obrigada. E nem preciso falar que seu blog é tudo de bom é MaRa... Vou acompanhar com muito carinho. Beijos*

angel disse...

Oi.
Descobri seu blog através do blog do meu filho "Mundiota".
Passei rapidamente e pelo que vi e li un pouquinho gostei muito. Bom ver gente jovem antenata, consciente. Volterei com mais calma para ler mais. beijão
Angel

Encosto de Betty Davis disse...

Ah, Obrigado por comentar no meu blog.

Amei seu texto, mto informativo.

Nossa eu fiquei tão pasma que em determinada parte do teu texto eu li "Ejaculando um pouco, você tem um amigo ou conhecido..." rsrs Sim eu tenho astigmatismo...



Beijos...


obs> Te linkei no meu blog!

DE VEZ EM QDO VENHO AQUI disse...

Barbara,adorei sua visita, obrigada!!!ja está linkada!!!
menina,nao sabia disso, estou besta...
essas coisas a "midia" nao mostra...
parabéns pelo post!!
bjs
aguardo vc!

Rafaela. disse...

Bárbara! Demorei, mas cheguei :D
Parabéns, adorei o blog e estou boquiaberta com esse negócio dos hormônios, foi instantâneo pensar que essa é a razão de estar faltando homem no mundo e a qualidade vir caindo tempo em tempos. Acho que isso me fez pensar muito, muito mesmo! E essa falta de homem anda desencadeando muita coisa, né!? Inclusive o aparecimento das pistoleiras kkk'

Tenha uma ótima tarde!

Suzana Lima disse...

Jesus, Maria, José.........
Que que é isso?
Tô chocada!
Muito bom esse post.

Samuel disse...

Puxa, Ainda bem que vim até aqui. Morreria sem saber de nada disso. Valeu, Barbara.

Related Posts with Thumbnails
 
©2007 '' Por Elke di Barros