Avatar

Little Kongs



Quem já não pagou o seu mico básico?

Vixe Maria!
Eu mesma me considero domadora de King Kongs.
E por falar em mico, vou contar alguns.
Não os meus, é claro, mas de gente que conheço.
Não se preocupem amigos, garanto o anonimato...ahahahahah.
Uma pessoa muito chegada estava na sala de espera do aeroporto de Salvador aguardando um vôo de conexão, quando dois homens sentaram-se ao lado dela, um gordo e calvo, e o outro moreno e alto. Como é muito comunicativa, travou logo conversa com os desconhecidos.
Falou do tempo, da viagem que estava fazendo, do atraso do avião.
Eles por sua vez, disseram estar em viagem de trabalho.
A conversa desenrolou bem descontraída. Eis que aparece o cantor Netinho, ex-Banda Beijo, e nossa pagadora de mico, animadamente aponta o cantor mostrando-o para seus interlocutores. O homem moreno alto diz: "Não falo com ele. Brigamos há alguns anos,em um trio elétrico, porém as vezes nos encontramos em algum trabalho."
A mulher ficou intrigada com tal revelação. Afinal, que trabalho seria este? Estava envergonhada para perguntar pois os alarmes de alerta de mico eminente soaram bem alto.
Então surge outro famoso. Desta vez o cantor Wanderley Cardoso. E novamente nossa interlocutora chama atenção para o famoso. Surpresa ela ouve: "Estive com ele há alguns anos, mas ele não estava tão envelhecido."
Mesmo corroída de curiosidade, ela continua a conversa. Descobre que o desconhecido irá realizar um trabalho à noite, na cidade de Canavieiras, Sul da Bahia. Foi aí que os alarmes soaram mais alto ainda: que tipo de trabalho é esse, à noite, por que brigou com
Netinho e ainda conhece Wanderley Cardoso?
Cansada das dúvidas, tomou coragem e perguntou: "Que tipo de trabalho o Sr. faz mesmo?"
O homem respondeu: " Sou cantor."
O mal feito estava feito.
O mico se anunciava em proporções gigantescas!
O pior que a revelação não ajudou a reconhecer o tal cantor.
O homem então vendo a reação da mulher, disse: "Percebi que a Sra. não me reconheceu.Sou Beto Barbosa. Não me apresentei antes porquê achei bom conversar com alguém que não me reconhecesse."
A mulher rapidamente desculpou-se e ambos riram da situação.
Um mico com final feliz.
Porém, tem aqueles micos que a gente fica com cara de tacho, completamente sem ação.
Agora é vez dos homens. Vou contar o acontecido com um amigo meu.
Meu amigo estava de flerte com uma moça que era recepcionista de Hospital-Maternidade. Muito exibido, ele pensou em impressionar a moça. Pegou emprestado o cachorro pastor alemão de uma amiga nossa.
Arrumou-se todo, perfumado, roupas de festa e foi passear com o cachorro na porta do hospital. Tudo ia muito bem.
O cachorro era enorme e muito forte, mas obedecia numa boa.
A recepção do Hospital ficava de frente para uma larga avenida, muito movimentada.
Então lá ia ele, todo tirando onda com o pastor. E, sem que ele visse, surge um buraco, de mais ou menos um palmo de profundidade.
Bom, acho que vocês já devem ter imaginado o que aconteceu.
Mas vou contar mesmo assim.
Ele tropeçou, caiu, deitado estirado, continuou segurando a guia do cachorro e, pasmem, foi arrastado pelo bicho por uns 20 metros.
Dá pra imaginar a cena?
O pior: o cachorro passou arrastando ele bem em frente a recepção do Hospital.
Foi uma gargalhada total.
Mas fazer o quê?
Mico é assim mesmo: uns choram, outros riem.
Paciência.

1 comentários:

Anônimo disse...

Oi muito bem estruturado assunto , apreciei bastante, secalhar poderiamos tornar-nos blog palls :) lol!
Aparte de piadas o meu nome é Bruno, e assim como tu escrevo blogs embora o tema da minha página é bastante diferente deste....
Eu desenvolvo blogs de poker sobre ofertas grátis sem ter de fazer depósito sem arriscares o teu dinheiro......
Adorei muito o que li aqui!

Related Posts with Thumbnails
 
©2007 '' Por Elke di Barros