Avatar

Turismo

10 dicas de como fazer a mala ideal


Fim de ano, férias se aproximando e com certeza quem vai viajar tem que deparar com este dilema: o que levar na mala.
Pensando nisso, Ideias de Barbara preparou uma listinha com dicas importantes para a hora de fazer as malas.
Confira!



1: Regra de Ouro: Tire metade das roupas que você está planejando levar e duplique o dinheiro. Eu mal posso enfatizar o quanto isso é importante! Especialmente para nós mulheres que gostamos de fazer "comprinhas".

2: Leve sempre uma mala de mão. Quem já perdeu bagagem sabe o que é sofrimento. Imagine a situação: Você está com aquele moletom horrível que insiste usar em vôos longos, ouvindo dos funcionários da empresa aérea “assim que nós acharmos sua mala, mandaremos para você”. Um pesadelo com certeza! Por mais que a empresa ofereça uma pequena compensação monetária, muitas vezes ter que comprar um guarda roupa inteiro em outro país pode não ser exatamente como você planejou gastar seu tempo e parte do seu orçamento. Viajar com mala de mão também significa que você precisa ter um exemplar com rodinhas. Você verá que ele valerá cada centavo! O que não pode faltar na sua mala de mão: uma muda de roupa, itens de higiene pessoal e artigos valiosos como presentes importantes, câmera, iPod, tablet - coisas que você não se perdoaria se perdesse. Na mala que despachar vão itens com os quais você é menos apegado e poderiam ser repostos sem drama. 

3: Quando for despachar a bagagem, peça no balcão para colarem a etiqueta “frágil”, o que assegura que sua mala será colocada no topo da pilha e será uma das primeiras a ser tirada do avião. Outra coisa: sua mala não será a única da cor preta, então coloque um adesivo vermelho nela – ou qualquer coisa que te ajude a reconhecê-la no meio da multidão.

4: Misture e combine. Com 3 camisetas e 3 partes de baixo você já tem 9 looks!Reduza as estampas, escolha peças lisas e clássicas que combinem entre si e aposte nos acessórios, como lenços e brincos, para dar uma animada no visual. Esse é o segredo de uma mala funcional e compacta. No quesito calçados, se tiver a intenção de andar bastante, não se iluda: sandálias e saltos vão torturar seus pés e um bom tênis será seu melhor amigo.

5: Livros são sexy e discos de vinil também. Mas isso não é motivo suficiente para carregá-los em viagens. Portanto, se poupe dos quilos extras e preencha seu tablet com todos os livros e guias de viagem que precisa.

6: Não seja uma diva. Se você é o tipo de pessoa que precisa viajar com seu próprio secador de cabelo (pois o do hotel não é bom o bastante), chegou a hora de mudar de ideia. Afinal ninguém morre se ficar algum tempo sem certos tipos de mimos.
Não seja uma diva on the road. Não deixe de pegar transporte compartilhado, comer algo típico em um mercado mais rústico, acampar se o cenário for imperdível e por aí vai. No quesito arrumação de mala, abra mão das 3 opções de sandálias e do seu necessaire de esmaltes. A ideia não é passar aperto, mas sim se desprender dos excessos para circular com tranquilidade. 

7. Casacos e blusas ocupam um espaço precioso na bagagem e pesam demais. A menos que você esteja indo para um local onde o inverno é rigoroso, opte por agasalhos mais leves, menos volumosos e fácies de dobrar.

8. Se você conseguir, evite o jeans. É polemico, eu sei... Mas a verdade é que eles absorvem sujeira (e odores), são volumosos e levam dias para secar. Algodão é a melhor opção.

9: Se é importante e não cabe na sua bolsa ou mochila de uso diário, deixe em casa. Objetos são roubados não importa para onde você está indo. Por mais incômodo que seja, eu estou constantemente carregando meu computador, câmera, etc.
Nada de deixar a mala aberta se estiver em um hostel (nem em hotéis estrelados eu deixo).
Não coloque a mala de mão no compartimento superior do bagageiro se for fazer uma viagem longa de ônibus (especialmente as noturnas).
Não deixe de colocar cadeado na mala SEMPRE.
Guarde os pertences valiosos no cofre.
Não fique contando dinheiro na rua após fazer um saque no caixa automático – por mais estranho que pareça, tem gente que faz isso. 

10. Todo país que eu já visitei vende sabonete. E shampoo. E meias. E camisetas. O que você esquecer, poderá comprar.Sobre os cosméticos, leve tudo em frascos pequenos e vá reabastecendo ao longo da viagem. Nada de levar um shampoo e um condicionador de 250 ml, que no final das contas pesam bastante na sua mala.



Vamos comprar no Paraguai???????

Não precisa ser mulher para querer ir ao Paraguai fazer compras. Ainda mais quando se está hospedado em Foz do Iguaçu.

Esta é uma região conhecida como a Tríplice Fronteira e portanto, Argentina e Paraguai estão bem ali ao lado e totalmente acostumados a receber turistas brasileiros que resolvem em algum dos dias de seu itinerário, cruzar a fronteira.


Seja para conhecer os irmãos argentinos ou paraguaios.
Mas nesse post, vamos para o Paraguai saber mais sobre: COMPRAS!!!
Lembra que eu falei da região de fronteira? Pois é, e como tal você deve apresentar um documento de identificação com foto e em bom estado aos guardas da aduana.
O importante a se saber é que no Paraguai é que existem produtos originais e réplicas.
Ofertas de produtos ditos originais por metade ou menos da metade do valor de mercado, definitivamente não são confiáveis.
Fique atento!
Por isso é muito importante você saber onde comprar.
Dica número 1 - Faça uma lista do que você realmente precisa. Assim fica mais fácil de saber onde ir, rápido de comprar e vai evitar que você gaste seu dinheiro pelo caminho com coisas que você não precisa!
Se o que você procura são perfumes, a recomendação é a Casa Amadeus e a Monalisa.
Um outro local que vale a pena visitar na Ciudad del Este é a SAX. Uma grande loja de departamentos estilo americano com marcas internacionais como Tommy Hilfiger, Chanel, Versace, Hugo Boss e muito mais. Tudo 100% original! Até o ambiente interno é algo de outro mundo. Muito luxo no meio da confusão das ruas do paraíso das compras. Parece até que você está em outro lugar.
E não deixe de conferir o requintado bistrô que encontra-se no último andar dessa loja., comida deliciosa e um atendimento impecável.
Enfim, se estiverem em Foz, reserve um dia ou uma manhã para cruzar a fronteira e fazer umas compras.
Mas fique atento apenas a cota de 300 dólares.
Se em suas sacolas tiverem mais do que isso… você vai ter que pagar uma multa em cima do valor excedente.
Para saber mais sobre essas regras, acesse o site da receita.



Você conhece Cananéia?

Cananéia é um município brasileiro no litoral do estado de São Paulo. Pertence à Mesorregião do Litoral Sul Paulista e localiza-se a sudoeste da capital do estado, ficando a cerca de 265 km. Sua população em é de aproximadamente 12 mil habitantes.
Sua temperatura média anual é de 19,9°C. Em sua vegetação predomina a mata atlântica, com trechos de mangues e restingas ao longo de sua faixa litorânea.
Para estimular o desenvolvimento socioeconômico local, a prefeitura, juntamente ou com instituições locais, passou a investir mais no segmento de festas e eventos.

Anualmente destacam-se: o Carnaval, cujas apresentações têm seus enredos baseados nos atrativos turísticos naturais e culturais, em fevereiro ou março; as celebrações da Semana Santa, em março ou abril; as comemorações de Corpus Christi, com procissões e enfeites em algumas ruas da cidade, em maio ou junho; a Festa de São João Batista, padroeiro da cidade, que ocorre nas proximidades do dia 24 de junho; as comemorações do aniversário de Cananéia, que mesmo sendo comemorado a 12 de agosto têm programação que dura várias semanas; a Festa de Nossa Senhora dos Navegantes, no dia 15 de agosto; além do Reivellon, entre os dias 31 de dezembro e 1º de janeiro, celebrando o ano novo. Durante a alta temporada das praias também são organizados frequentemente shows com vários cantores que são conhecidos regional ou mesmo nacionalmente.O município é considerado o segundo mais antigo do Brasil, perdendo apenas para São Sebastião, fundado poucos meses antes.
Atualmente, o Centro Histórico de Cananéia ainda preserva os estilos arquitetônicos adotados pelas primeiras casas desde o período colonial até o final do século XIX. As praias também atraem milhares de pessoas na alta temporada, sendo que na Ilha do Cardoso há várias trilhas e cachoeiras, além de vários sítios arqueológicos. As festas, a culinária e o artesanato também são atrativos à parte da cidade, cujas principais fontes de rendas são a pesca e o turismo.
No decorrer do ano ainda são organizadas apresentações de danças folclóricas, reunindo diversas danças regionais, como o Fandango. A gastronomia também se destaca, sendo que atende desde a cozinha mais colonial até os serviços personalizados internacionais. A Festa do Mar, que conta com representantes de vários restaurantes locais e que são especializados em pratos com frutos do mar. Um boa pedida para os paladares mais apurados.
Dentre os atrativos naturais, destacamos as praias.
Cananéia conta com sete praias: a Praia da Comunidade Marujá; a Praia de Laje; a Praia do Fole Pequeno; a Praia da Comunidade; a Praia de Ipanema; a Praia da Comunidade Itacuruçá (Pererinha); e a Praia da Comunidade Pontal do Leste. No Parque Estadual da Ilha do Cardoso há os sítios arquiológicos, além de praias e de 22 mil hectares de mata atlântica preservada, havendo no meio desta várias cachoeiras e trilhas para caminhadas. Cananéia já foi apontada pela revista Condé Nast Traveler como melhor roteiro ecológico do mundo, sendo também tombada pela Organização das Nações Unidas para Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) como Patrimônio Natural da Humanidade.
Muito Legal!!!!!



Festival Beleza Sustentável de Araxá


Araxá, reconhecida nacional e internacionalmente como a capital do bem-estar, está reativando o turismo de bem-estar, espiritualidade e saúde com mais força ainda nos próximos meses.
Uma das atividades será o início do Festival Beleza Sustentável de Araxá. A grande novidade é que, pela primeira vez no Brasil, uma cidade reunirá cinco roteiros, durante o evento, que será ealizado nos dias 5, 6 e 7 de novembro.
Os turistas da região, do Brasil e do exterior poderão adquirir seus pacotes de turismo, a partir de cinco roteiros: espiritual, mental, emocional, física e financeiro. Além de conhecer toda as atrações da cidade, a partir destes cinco pilares, os turistas poderão optar, por exemplo, e fazer as terapias relacionadas à parte espiritual, mental, emocional ou física.
Os apaixonados pelas terapias que contribuem com a parte emocional, por exemplo, poderão fazer sessões de aromaterapia, massagens, entre outros. Já os que prefirirem fazer as terapias relacionadas à parte espiritual poderão escolher os banhos sulfurosos, entre outros.
O Festival Beleza Sustentável de Araxá tem o apoio do Araxá Convention Visitors Bureau.




O MELHOR DA GASTRONOMIA EUROPEIA
Conheça as delícias culinárias da Europa e faça uma viagem única por sabores e aromas do continente que reserva surpresas para todos os tipos de paladares
Com uma rica gastronomia, diversificada e tradicionalista, a Europa é um ótimo lugar para quem quer experimentar deliciosos pratos que demonstram a enorme cultura do continente. Entre entradas e sobremesas, a culinária dos países europeus fascina pelo requinte e pela simplicidade e também por reunir ingredientes fortes e saborosos, acompanhados dos melhores vinhos do mundo.
Alemanha - Além dos saborosos pratos tradicionais, dos 1500 tipos de salsicha e do famoso chucrute, a cozinha contemporânea alemã também marca presença na gastronomia do país. O riquíssimo menu alemão abrange a maioria das carnes, mas em geral se aproveita muito da carne suína. Prove o delicioso Semmelknödel, muito comum na região da Bavária ou a dobradinha de vinho, tradicional da região de Stuttgart, acompanhados da incomparável cerveja local.
Áustria - Conhecida pelas suas divinas sobremesas, compostas por tortas e folhados, a Áustria possui um cardápio variado, com influências diversas. Entre os mais tradicionais estão Tafelspitz, determinado corte de carne cozida à moda vienense e servido com o famoso molho de maça Apfelkren ou Wiener Schnitzel, vitela empanada. Aproveite para conhecer o clássico café vienense ou saboreie a deliciosa torta de chocolate Sachertorte.
Espanha – Muito além dos churros e paellas, a gastronomia espanhola se distribui por suas fascinantes regiões. Em La Mancha, prove pratos fortes e simples, feitos com ingredientes básicos, como pão, carne ou produtos da horta, e acompanhado por vinho e queijo pecorino. Já em Castilla y León, os assados simbolizam a cultura gastronômica local e no País Basco, experimente deliciosos mariscos e peixes. A Galícia atrai milhares de turistas que aproveitam para saborear o típico Pulpo a Feria, que leva polvo cozido com pimentões.
Irlanda - A gastronomia irlandesa oferece receitas deliciosas. A começar pelo café da manhã reforçado, com pão irlandês, ovos e salmão. Muito popular, o Colcannon é um prato saboroso, elaborado com batatas, repolho e couve. Os frutos do mar já tomam espaço na maravilhosa gastronomia da Irlanda. Em Dublin, prove o famoso Coddle, prato que leva salsicha cozida e saboreie a boa cerveja Guinness.
Itália - Uma das cozinhas mais famosas e influentes do mundo, a gastronomia italiana abrange uma enorme variedade de massas e molhos. Com receitas bem conhecidas como o risotto, o gnocchi e a pizza, que atraem turistas e estão presentes em cardápios do mundo todo, esses pratos não dispensam um bom vinho italiano, saboroso e encorpado. Para a sobremesa, a cozinha da Itália não deixa a desejar e traz a Cassata, que leva sorvete e frutas cristalizadas.
Reino Unido - Com uma rica gastronomia, a Inglaterra aproveita do clima de inverno para elaborar seus pratos típicos. O Sunday roast é servido com beef (carne bovina), legumes, molho Gravy (molho de carne com legumes) e Yorkshire puddings, um delicioso pão assado. Para o famoso brunch, ovos, bacon e linguiças são muito consumidos pelos ingleses. Prove um refinado Victoria Sponge Cake, bolo com recheio de geléia e creme, doce que pertencia à lista dos favoritos da Rainha Victoria em seus chás da tarde.
Portugal - Para ressaltar ainda mais as delícias gastronômicas portuguesas (que derivam essencialmente do Mediterrâneo e do Atlântico), o país lançou o programa Prove Portugal, que visa alcançar maior visibilidade, reconhecimento e percepção, nacional e internacional, para a culinária local. No Algarve, saboreie uma deliciosa Cataplana à Algarvia, que leva camarões, amêijoas e carne de porco acompanhado por um bom vinho português. De sobremesa, o típico pastelzinho de Belém é uma deliciosa pedida.
República Tcheca - Influenciada pelas culinárias vizinhas, a gastronomia tcheca possui sabores que agradam a qualquer apreciador da boa mesa. Muito populares e servidas como entradas, a sopa de batata ou a tradicional sopa de alho da Moravia, são deliciosas e de sabores típicos. Para o prato principal a carne assada a la Znojmo, região tcheca, e como sobremesa, os bolinhos recheados com geléia de frutas, que evidenciam a boa culinária do país.
Suíça - O país atrai todos os anos milhares de viajantes apaixonados por culinária e apreciadores da autêntica gastronomia do país. A Suíça produz mais de 450 tipos de queijo, entre eles, o leve e cremoso Vacherin, o picante Appenzeller, o condimentado Sbrinz, o saboroso Emmentaler (o queijo dos “buracos”), o mundialmente famoso Gruyère, o delicado Tête de Moine... todos utilizados na preparação de fondues, raclettes, tábuas de queijos e outros pratos.



AGITADA VIDA NOTURNA EUROPEIA LEVA TURISTAS A UMA VIAGEM REPLETA DE DIVERSÃO E ATRAÇÕES
Bares e clubes divertidos, festivais culturais, bebidas típicas, concertos, cassinos e uma infinidade de atrações marcam a noite na Europa
Tão bom quanto conhecer a Europa, seus monumentos históricos, sua gastronomia e sua riqueza cultural, é reunir os amigos e sair para dançar, bebericar e experimentar a vida noturna do continente. Os países europeus oferecem milhares de opções para quem busca uma viagem animada, além dos melhores DJs do mundo. Conheça a vida noturna em bares com música ao vivo, baladas em navios, festivais de música ao ar livre e caia na noite europeia.
Alemanha - A vida noturna alemã é super agitada. O país abriga inúmeras opções de lazer para todos os tipos de público e não possui endereço certo, qualquer porta pode esconder a mais incrível festa. Localizada em uma antiga usina termoelétrica e conhecida pelo seu clima descolado e animado, a discoteca Berghain, em Berlim, conta com amplos horários de funcionamento. A região de Ostbahnhof oferece atrações culturais magníficas e noites muito movimentadas, pois abriga uma das maiores concentrações de baladas e bares de toda a Europa.
Áustria - Considerada a capital mundial da música, além dos concertos e óperas, Viena oferece uma noite cheia de agito, com bares modernos e DJs bem descolados. A Flex, casa noturna bem conhecida na cidade, é imperdível para quem gosta de curtir a noite. Em Salzburg, o Salzach River Island Bar proporciona aos visitantes uma bela vista do rio Salzach, que à noite, reflete as luzes da cidade. Outros atrativos para os turistas são os cassinos espalhados por todo o país, onde se pode encontrar diversão e degustar os principais vinhos e espumantes austríacos.
Espanha - Em terras espanholas é muito comum presenciar grupos de pessoas conversando nos bares e, no verão, estes encontros são ainda mais agradáveis por conta do clima. Madrid possui um repertório cultural magnífico, com diversos festivais e atrações. Já Santiago de Compostela apresenta um ambiente mais universitário e não restringe as festas apenas aos finais de semana. Para dançar, Andalucía oferece os populares tablados de flamenco, ou se preferir, lugares alternativos e fashions agitam a noite da região.
Grã-Bretanha - Londres oferece uma série de lugares badalados para conhecer durante a noite. Com uma vida noturna bem agitada, os turistas podem se divertir nos famosos pubs, apreciar jazz ao vivo e deliciosos coquetéis. Os pubs e bares de vinho fecham antes da madrugada, mas os clubes garantem diversão até o amanhecer. Festivais de música eletrônica e alternativa a céu aberto também fazem muito sucesso, sendo celebrados não só na Inglaterra mas também na Escócia e País de Gales.
Portugal - Em território português nada é melhor do que desfrutar as belas noites ao ar livre, com momentos divertidos e inesquecíveis, relaxando nos parques à beira-mar. A vida noturna no Porto é uma das mais excitantes por concentrar cafés, discotecas e bares na "zona da Ribeira", no velho centro da cidade, freqüentados por muitos estudantes da região. O clima suave e o centro cosmopolita de Lisboa proporcionam noites agradáveis, combinadas ao imenso e moderno repertório de bares e discotecas, agitadas pelos melhores DJs europeus.
Irlanda - Em Dublin, nomeada Cidade da Literatura pela UNESCO, um passeio noturno em particular ganhou muita notoriedade: o Dublin Literary Pub Crawl, no qual vários pubs da capital são visitados por atores que representam obras de famosos escritores irlandeses. Durante duas horas, os turistas poderão apreciar textos de James Joyce, Samuel Beckett, Oscar Wilde e Bram Stoker (www.dublinpubcrawl.com). O tour atrai muitos brasileiros que estudam inglês no país. Além das apresentações nos pubs, o turista pode desfrutar da boa música irlandesa e da mundialmente famosa, cerveja Guiness.
Itália - Contemplar o romantismo e a bela iluminação das noites italianas são características que atraem os turistas ao fascinante país. Em Milão, por entres os monumentos barrocos, que apresentam deslumbrante beleza ao escurecer, os bares e cafés acomodam as mesas na parte de fora, ideal para conversar e se refrescar nas noites mais quentes. Roma também oferece variadas opções de lazer noturno, como festivais ao ar livre e danceterias que embalam os mais animados até o fim da madrugada.
República Tcheca - Situada no coração da Europa, a República Tcheca dispõe de dezenas de lugares para desfrutar de variados tipos de música. O clima estudantil é bem acentuado, fazendo com que a vida noturna seja agitada e divertida. Em Praga, inúmeros bares e clubes agradam aos apreciadores de estilos musicais como o rock e para os que preferem jazz, o Jazzboat navega ao longo do rio Vltava, com bela vista da cidade, música ao vivo e boa comida. A rua Stodolní, em Ostrava, abriga as discotecas mais badaladas que encerram o expediente no final da madrugada.
Suíça - Zurique não só ostenta a posição de maior cidade da Suíça como também oferece o maior número de clubes noturnos no país. A variedade de estilos musicais proporciona festas para todos os gostos, o que torna a vida noturna de Zurique vibrante e badalada. O bairro de Zürich West, que no passado testemunhou a revolução industrial da cidade, hoje é ponto de encontro da gastronomia, da arte, do design, da dança, da cultura, das compras e da arquitetura do país. Definitivamente, a região é o lugar mais agitado e descolado da cidade, sendo excelente opção para curtir a animada vida noturna suíça.
Sobre a Comissão Europeia de Turismo
A Comissão Europeia de Turismo, fundada em 1948 e com sede em Bruxelas, é formada por 39 países e está representada na América Latina desde abril de 1983 e tem como objetivo promover a Europa como um destino turístico atraente e disseminar informações sobre os países europeus e suas principais atrações, mediante a realização de eventos promocionais para o trade de turismo, além de ações de sensibilização para jornalistas e consumidores finais. A CET para a América Latina é constituída ao todo por dez países: Alemanha, Áustria, Espanha, França, Irlanda, Reino Unido, Portugal, Itália, República Tcheca e Suíça. Para mais informações sobre a Europa e a Comissão Europeia de Turismo acesse: www.etc-corporate.org ou www.visiteurope.com.

fonte: AFT - Comunicação Estratégia Marketing

Related Posts with Thumbnails
 
©2007 '' Por Elke di Barros